Ajude a manter o blog. Faça sua contribuição de qualquer valor clicando no botão abaixo.

PALESTRAS E ENCONTROS

Sua paróquia ou sua comunidade precisa de formação, fale com seu pároco e entre em contato pelo e-mail: carloscasabela@hotmail.com .



quarta-feira, 19 de novembro de 2008

VOCABULÁRIO BÁSICO DO CATEQUISTA - LETRA F


O objetivo deste vocabulário é oferecer explicações mais simples de palavras religiosas mais comuns, necessárias para o conhecimento e formação dos catequistas.


FARAÓ – “Grande casa” no Egito. No século 15 a.C. passou a significar o próprio rei; era considerado como Deus.
FARISEU – Membro de um grupo religioso-político, leigo, no tempo de Jesus. Tinham influência sobre o povo porque conheciam e ensinavam as Escrituras. O termo fariseu significa “os separados”. No evangelho, os fariseus aparecem como observantes e mestres da lei. Adversários de Jesus, que os ataca duramente pelo seu orgulho, hipocrisia e a tendência de crer que a salvação só vem da lei de Moisés.
FÉ – É uma das três virtudes teologais (fé, esperança e caridade), fundamental para o cristão, que o leva a crer e a aderir ao Projeto de Deus, na pessoa de Jesus Cristo.
FÉRIA – No Calendário Litúrgico, dia da semana em que não se celebra festa especial.
FERMENTO – Em clima quente, comida que fermenta logo se estraga. Em sentido positivo, algo que faz crescer e no sentido negativo, algo que corrompe.
FESTAS – As festas encontram-se em todas as religiões. As festas se expressam pelos sinais da luz, canto, música, alegria, flores e velas acesas. Dias de celebração, descanso ou comemoração de um acontecimento importante. Deus instruiu os israelitas a manterem as festas (Lv 23):
· da Páscoa e dos pães sem fermento (ázimo) – é a festa dos judeus mais importante, celebrada no 14º dia do mês de Nisan, quando comemoravam a libertação dos hebreus da escravidão do Egito;
· das colheitas – era a festa mais popular e alegre, celebrada no último dia das festividades da Páscoa. Apresentavam a Deus a colheita.
· da Dedicação – durava 8 dias, comemorava a reconstrução e a inauguração do altar do templo pelos judeus do grupo de Judas Macabeu;
· dos Tabernáculos – festa dos judeus que durava 8 dias. No tempo do Nt faziam estas festas para lembrar os hebreus que tinham morado em barracas na caminhada no deserto;
· das Semanas – (mais tarde Pentecostes) – celebrada 50 dias depois da Páscoa, na qual se ofereciam a Deus as primeiras colheitas;
· das Tombetas – (mais tarde Ano Novo) – era um dia de descanso dedicado ao culto, mais importante que o sábado;
· do Sábado – somente os israelitas tinham esta festa especial. Cada sétimo dia era reservado para o descanso e esse dia pertencia a Deus.
· dia da Expiação – no 10º dia do 7º mês celebrava-se uma festa acompanhada da confissão e expiação dos pecados.
FESTAS DE PRECEITO – Dias festivos: domingos me outras festas, em que os cristãos são convidados a prestar culto a Deus, participando da Celebração Eucarística.
FILATERIAS – em grego, quer dizer: amuleto. São fitinhas de couro que os judeus colocavam na testa e no braço esquerdo. Usavam durante as orações e nos dias de festas. Queriam significar a fixação da Lei de Deus no coração e na memória (cf. Mt 23,5).
FILHO DE DEUS – No At era um título de reis por se considerarem portadores de qualidades messiânicas. No NT Jesus é apresentado como Filho de Deus, o Verbo, a segunda pessoa da Santíssima Trindade.
FILHO DO HOMEM – Membro da raça humana. Encontramos este termo muitas vezes no AT e nos evangelhos mais de 70 vezes. O próprio Jesus que se denomina assim, pondo em relevo a sua condição humana.
FOGO - Simboliza Deus: manifestação de sua presença e presença de temor (Ex 19,18). Às vezes, representa a provação purificadora (Lc 12,49).
FORNICAÇÃO – Libertinagem sexual, fora do matrimônio, fruto de egoísmo.
FORTALEZA – Uma das 4 virtudes cardeais (prudência, justiça, fortaleza e temperança), e um dos 7 dons do Espírito Santo. Por ela enfrentamos as dificuldades para praticar o bem.
FRAÇÃO DO PÃO – Entre os judeus havia o costume de se fazer o pão no formato de bolachas finas, chatas e redondas que eles partiam com a mão para comer. O Evangelho diz que Jesus, ao instituir a Eucaristia tomou o pão e deu graças e partiu-o. Daí foi tirada a expressão “fração do pão” para indicar o sacramento da nova Lei.
FRADES – Religiosos, sacerdotes ou irmãos leigos, pertencente a uma Ordem ou Congregação Religiosa masculina.
FREIRAS – Religiosas de determinada Congregação Religiosa feminina, as quais fazem votos de consagração a Deus.
FRUTOS DO ESPÍRITO SANTO – Amor, alegria, paz, paciência, bondade, benevolência, fé, mansidão e domínio de si (Gl 5,22).
FUNDAMENTALISMO – Atitude teológica de alguns grupos surgidos na metade do século 19, de estilo conservador, para defender o tradicional. Para os fundamentalistas, a Bíblia deve ser tomada “ao pé da letra”; não há compreensão dos dados históricos ou referentes às ciências e aos gêneros literários.

Nenhum comentário: